< voltar / back

os amantes

Um casal dança lentamente. Não há música.

Durante a dança, fica visível que eles estão unidos pelos elementos que fecham roupas e sapatos (botões, cadarços e colchetes), e também por uma trança comum no alto de suas cabeças.

No desenvolvimento da dança, a percepção do que parecia um abraço carinhoso muda; fica explícito que os dois estão tentando se desvencilhar um do outro. Desatam e abrem punhos, cinturas, botões; acariciando os cabelos, vão desmanchando a trança comum. Quando estão completamente separados, cedem ao primeiro impulso, de correr para lados opostos, esquecendo-se que os cadarços ainda estão atados. O tombo é inevitável.

2015
20'
Vídeo
fotos e video: Lucas Brandão
performers: Julia Rocha e Michel Mustafá

the lovers

A couple dances slowly. There is no music.

During the dance, it is clear that they are joined by the elements that bind clothing and shoes (buttons, laces, and clasps), as well as by braided hair at the top of their heads.

As the dance continues, the perception of what appeared to be a caring embrace changes; it becomes clear that the two are attempting to pull apart from each other. They undo and open cuffs, waistbands, buttons; caressing hair, they untangle the common braid. Once they are completely separate, they give into their first impulse, that of running to opposite sides, forgetting their laces are still tied. The fall is inevitable.

2015
20'
Video
photos and video: Lucas Brandão
performers: Julia Rocha and Michel Mustafá